Sinopse: Misto de Assassin’s creed e Game of Thrones, a história de Celaena Sardothien, uma assassina a serviço de um rei tirânico, é uma fantasia épica repleta de ação, intriga e cenas de luta inesquecíveis. No terceiro livro da saga, Celaena ressurge das cinzas ainda mais forte e letal. E parte em uma jornada em busca de uma obscura verdade: uma informação sobre sua herança e seus antepassados que pode mudar sua vida e o futuro de dois reinos para sempre. Enquanto isso, forças sinistras começam a despontar no horizonte e têm planos malignos para dominar o seu mundo. Agora, depende de Celaena encontrar coragem para enfrentar tais perigos, além de seus próprios demônios, e fazer a escolha mais difícil da sua vida. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

Trono de Vidro Herdeira do Fogo - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: Trono de Vidro: Herdeira do Fogo – Skoob

Titulo Original: Heir of Fire – Goodreads

Autora: Sarah J. Maas

Tradução: Mariana Kohnert

Editora: Galera (Galera Record)

Ano: 2015

ISBN: 978-85-01-40140-3

Série: Trono de Vidro | Volume: 03

Número de páginas: 516

Sobre a Autora

Trono de Vidro Herdeira do Fogo - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Ela tem 26 anos e vive na Califórnia. Ao longo dos dez anos que passou desenvolvendo o mundo de Trono de vidro, desenvolveu uma doentia paixão por filmes da Disney e música pop ruim. Ela adora contos de fadas, bebe café demais e vê muito lixo na TV. Quando não está escrevendo seus livros, pode ser encontrada explorando a costa da Califórnia.

Opinião da Nathy

Tenho um sério problema com os livros da Sarah. Porque ao mesmo tempo em que não gosto deles, eu os amo. Não consigo largar e quero chegar até o final. Mesmo sabendo que vou ficar angustiada. Que a qualquer momento tudo poderá mudar. Isso é algo bom. Porque não fica naquelas mesmices de alguns livros. Não sei o que ela irá fazer então fico ansiosa. Principalmente para saber se meu casal no final irá ficar junto. E quando penso que não vou mudar de ideia. Ela faz algo que pronto já estou loucamente apaixonada por outro personagem. Falo isso porque ocorreu nesse livro. Não estava esperando essas mudanças de sentimentos. Eu geralmente fico firme até o final.

O livro tem continuidade de onde terminou Trono de Vidro – Coroa da Meia-Noite. Celaena está viajando para encontrar algumas respostas de Maeve. Precisa derrotar o rei e não pode fazer sem sua ajuda. Mas, o caminho não será fácil. Para conseguir suas respostas tem que passar por um teste. Com Rowan a levando até o limite da exaustão. Onde segredos que guardou fundo na sua mente são trazidos à tona. Enquanto isso, Dorian está tentando encontrar um modo de controlar sua magia. Não deixando que seu pai descubra o que está acontecendo com ele. Ainda tem Chaol tentando deixar o reino mais tranquilo possível. Querendo proteger seu amigo e permanecer fiel a Celaena. Juntando tudo isso tem Manon e as treze bruxas que estão ao lado do rei. Dispostas a lutar ao seu lado nessa guerra.

No começo do livro foi um pouco complicado para me adaptar. Porque em um momento estava com o foco em Celaena. De repente tudo mudou e estava no Dorian. E depois apresentando a nova personagem. Depois acabei por me acostumar. A escrita da autora continua muito boa. Porém, eu apenas fui me empolgar mais com a leitura quase na metade do livro. Porque boa parte parecia enrolação. Não estava interessada em nada daquilo. Estava esperando que fosse ter um pouco mais de ação.

Pelos deuses, como fervia naquela desculpa esfarrapada de reino.

Nos outros livros eu tive sérios problemas com a Celaena. Quando todo mundo a elogiava. Dizendo que ela era uma guerreira incrível e tudo mais. Eu apenas a via como uma menina perdida. Alguém que não sabia como lutar com as injustiças do mundo. Sim, ela sabia usar armas e os seus punhos. Porém, não tinha aquela força dentro de si. Parecia mais vazia e fria. Como se precisasse daquele empurrão a mais. A qualquer momento iria se quebrar e chorar. Como de fato foi mostrado nesse livro. Ela tenta lutar quando necessário, mas ainda assim não conseguia perceber a sua força.

Até que Ailen entrou em cena. Ela é o passado esquecido de Celaena. Porém, continua a espera de sua libertação. A verdadeira guerreira. Que sabe quais lutas enfrentar. E quais armas devem ser utilizadas. Como lidar com seus inimigos sem nem pensar duas vezes. Podendo até mesmo sacrificar a sua vida. Porém, estará fazendo aquilo que é certo. A cada cena eu ficava mais impressionada com ela. Desde criança até a sua fase adulta. Uma mulher de coragem que não abaixa a sua cabeça. A verdadeira herdeira.

Agora imagina a junção dessas duas mulheres. Nesse momento sim a Celaena se tornou uma personagem forte. Antes era uma mera casca. Agora ela está pronta para a batalha. Para enfrentar o rei e todos os seus inimigos. Eu fico até mesmo com pena deles. Porque agora ela sabe ter misericórdia e ajudar as pessoas. No entanto, sabe quem deve prejudicar e como fazer isso. Quero muito o próximo livro apenas para ver a força dela sobre todos. Estou amando a personagem. Não me lembra em nada a raiva que me fazia passar antes.

Com um pensamento meu, sua cidade vai queimar.

Tudo isso ocorreu por causa de Rowan. Sim, a Celaena foi quem lutou com seu passado e conseguiu alguma paz. Porém, foi ele quem a levou até o limite. Mesmo quando percebia que ela poderia estar sofrendo. Dava para notar que ele não queria ela sofrendo. Se tivesse outro modo ele teria ajudado. No entanto, conseguiu levá-la ao ponto em que ficou pronta para o passado. Eu jurava que não ia torcer por outro. Que ia querer ela com o Chaol resolvendo seus problemas. Mas, em algum momento Rowan conseguiu conquistar meu coração. De algum modo ele combina muito mais com ela. Já estou vendo que no final da série vou estar sofrendo por causa deles. E o Rowan merece uma felicidade.

Mesmo porque o Chaol ficou um pouco apagado nesse livro. Ele está lutando para ajudar o Dorian e a Celaena. Porém, eu já não conseguia ver aquele homem guerreiro. No final o Aedion mostrou como o Chaol era um menino. Estava brincando de ser guerreiro. Porque no momento em que deveria tomar as decisões mais perigosas recuava. Não estava preparado para uma guerra. Aliás, amei o Aedion nesse livro. Espero que apareça muito mais no próximo volume. Ele é o guerreiro que imaginei que o Chaol fosse. Todos têm que tomar a sua posição para a guerra que está por vir.

O Dorian teve um destaque muito bom nesse livro e me fez ficar com pena dele. Porém, tenho certeza que quando a Celaena chegar as coisas irão se ajeitar. Que irá tomar as redeas da sua vida. Que o rei não terá mais nenhum controle sobre ele. A sua magia estava cada vez mais impossível de controlar. Qualquer coisa que o tirasse do sério ele simplesmente cedia. Não tinha a força para não ceder. A magia parecia tomar conta completamente naqueles poucos minutos. Agora estou curiosa para saber sobre seu destino.

Você não é nada para mim, e eu não me importo.

Tiveram duas histórias que não me cativaram. A primeira delas foi a Manon. Uma bruxa que foi criada para não sentir nada. Está tentando se tornar a chefe de todas. E de verdade cada vez que ela aparecia eu tinha vontade de pular essa parte. Porque não poderia me importar menos. Ela também está na guerra e logo deve encarar a Celaena. E acabar ficando ao seu lado por causa das mudanças em sua personalidade. Não conseguia me empolgar. Mesmo com tantos sentimentos envolvidos. Tantas transformações nas personalidades.

E a segunda história era de Sorscha. Ela é curandeira do príncipe. Ela foi muito fofa toda apaixonada por ele. E por um momento até torci para que ficassem juntos. Mas, a personagem não tinha vida nela. Era toda inocente. Deixava as pessoas a tratarem mal. Tinha apenas um amigo que se correspondia por cartas. Fora isso não tinha mais nada em sua vida. Por isso ficava com pena. No entanto, não consegui me conectar com ela. Infelizmente porque tinha tudo para ser uma ótima personagem. Inclusive no próximo livro.

Amo você

Quem iniciou a série tem que continuar lendo. Justamente para saber o que irá acontecer no final de tudo. Mesmo o começo sendo lento depois tudo fica melhor. Quem gosta de fantasia também deve amar esse livro.

Quote Favorito

Trono de Vidro Herdeira do Fogo - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

A capa segue o padrão das anteriores. Eu sou tão feliz por conta disso. Na frente tem a Celaena com o arco e flecha. Em uma pose de guerreira. E na parte de trás tem ela em uma forma mais delicada. Mostrando os dois lados da personagem. O nome da série está em destaque, enquanto o nome do livro está em uma fonte menor. Também gosto do fato de estar logo na capa qual é o volume.

Trono de Vidro Herdeira do Fogo - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação é simples. Cada capítulo inicia em uma nova página. Tem uma marcação simples quando ocorre mudanças dentro do mesmo capítulo. As páginas são amarelas e grossas. O tamanho do livro segue no padrão dos anteriores. Não tive problemas com a tradução/digitalização.

Nota da Nathy

Trono de Vidro Herdeira do Fogo - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTrono de Vidro Herdeira do Fogo - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTrono de Vidro Herdeira do Fogo - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTrono de Vidro Herdeira do Fogo - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTrono de Vidro Herdeira do Fogo - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

  • Trono de Vidro – Lançado em  2013 – Resenha
  • Trono de Vidro Coroa da Meia-Noite – Lançado em 2014 – Resenha
  • Trono de Vidro Herdeira do Fogo – Lançado em 2015
  • Queen of Shadows – Previsão de lançamento em 2016

Onde Comprar

O livro é uma cortesia da Editora Galera Record. A resenha realizada aponta os pontos positivos eou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.