Sinopse: Lucy mora no vigésimo quarto andar. Owen, no subsolo… E é a meio caminho que ambos se encontram — presos em um elevador, entre dois pisos de um prédio de luxo em Nova York. A cidade está às escuras graças a um blecaute. E entre sorvetes derretidos, caos no trânsito, estrelas e confissões, eles descobrem muitas coisas em comum. Mas logo a geografia os separa. E somos convidados a refletir…  Onde mora o amor? E pode esse sentimento resistir à distância? Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

A Geografia de Nós Dois - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: A Geografia de Nós Dois – Skoob

Titulo Original: The Geography of You and Me – Goodreads

Autora: Jennifer E. Smith

Tradução: Glenda D’Oliveira

Editora: Galera (Galera Record)

Ano: 2016

ISBN: 978-85-01-10622-3

Número de páginas: 271

Sobre a Autora

A Geografia de Nós Dois - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Jennifer E. Smith é autora, também, de The Comeback Season e You Are Here. Se formou em redação criativa pela Universidade de St. Andrews, na Escócia e, atualmente, trabalha como editora em Nova York.

Opinião da Nathy

Nos livros da Jennifer eu nunca começo a leitura com as expectativas altas. Porque já imagino que irá ter aquele toque mais realista. Ainda que tenha bastante romance. Por isso fico em conflito em seus livros. Porque eu gosto. Mas, fico com a sensação de que nada foi falado no livro. Porém, não perco a oportunidade de apreciar seus livros. Fico muito dividida. Porque gosto bastante de livros de romance. Que não tenha tanta realidade. Mas, de algum modo os livros dela sempre acabam me conquistando.

A Geografia de Nós Dois conta a história de Lucy Patterson e Owen Buckley. Apesar de morarem no mesmo prédio e terem seus caminhos cruzados algumas vezes. Nunca repararam muito no outro. Não ao ponto de tentar começar uma amizade. Até que um dia acaba a luz na cidade. Deixando os dois presos dentro do elevador. Tornando a experiência em algo muito maior. Sentimentos começam a aflorar de ambos os lados. Com apenas algumas trocas de palavras. No entanto, Owen está indo fazer uma viagem pelo país com seu pai. E Lucy está indo morar em outro país com seus pais. No meio de tantas aventuras eles não conseguem se esquecer um do outro. O único elo que os mantem são os cartões-postais. Que fazem seus corações acelerarem cada vez que recebem. No entanto, será que esse relacionamento conseguirá superar a distância.

A narrativa é em terceira pessoa. O foco fica nos principais. De forma que o leitor não perde nenhum pensamento ou sentimento. Eu gosto muito da escrita da Jennifer. Mesmo tendo essa estranha sensação de que nada está sendo de fato dito. Ou que a história não está andando. Ela consegue escrever de modo que passa bem rápido. Os capítulos não são grandes. Deixando o livro ainda mais dinâmico. Não conseguia parar de ler. Eu tinha a necessidade de saber o que seria do Owen e da Lucy.

Quando você conhecer melhor a cidade, acho que vai gostar daqui.

A personalidade do Owen não é aquela que me atrai. Ele perdeu a mãe e por isso tem aquele ar mais triste. Coloca defeito em todas as coisas. Nada parece estar realmente bem. Pelo menos ele é desse jeito no começo. Até que passa a mostrar um outro lado. Um que quer aprender a viver sem a mãe. Quer ajudar o seu pai. E ainda pensar para qual faculdade pode ir. O tipo de adolescente que está bem perdido sem saber que rumo tomar na vida. Mas, por mais que tentasse eu achava que ao seu redor tinha algo muito mais profundo.

Já Lucy tinha um lado bem mais leve. Bem realista com sua família. E com a sua vida. Teve que mudar de país. Mas, tentou aproveitar o máximo de cada uma das suas experiências. Não fiquei encantada por ela. Porque não estava vendo nada demais na personagem. Apenas uma menina descrevendo o que estava ocorrendo em sua vida. Que nem era tão emocionante. Nesse ponto o Owen prendeu muito mais atenção. Porque tinha que lidar com diversos sentimentos. Enquanto, a Lucy aceitava tudo sem nem se impor. Seu único problema era com os pais. Mas, não achei que foi bem abordado.

O livro tem muito romance. Mas, no sentido de ambos aprenderem sobre os seus sentimentos. Porque se conheceram em um dia. No outro já estão se separando. Não era como se tivessem aquela conexão forte. Por isso que eu pensei que se não fosse um romance. Com certeza ambos teriam seguido suas vidas com outras pessoas. Aproveitado o máximo com cada uma delas. Não torci para que ficassem juntos. No entanto, gostei de que a autora não fantasiou o relacionamento dos dois. Como se tudo fosse ser perfeito. Que no final iriam viver felizes para sempre.

Bem, mas quem precisa de Paris quando mora em Nova York, não é?

O Patrick que foi um personagem que me fez ficar em conflito. Estava mesmo preocupada com ele. Após perder a esposa não parecia ter ânimo para mais nada. Nem mesmo com o filho conseguia dar um sorriso. Eu estava com receio de uma tragédia fosse acontecer com o homem. Ainda bem que ele foi desenvolvido aos poucos mostrando como uma pessoa supera o luto. Foi bem profundo tudo. A jornada dele com seu filho. No final a aceitação e até mesmo um ânimo para trabalhar. Quando foi humilhado pelo primo eu fiquei muito brava. Tanto com o primo quanto com ele por não reagir. Mas, logo passou.

Agora os pais da Lucy me levaram ao extremo. Pode ser que seja pela a forma como fui criada. Mas, nunca deixaria a minha filha de dezesseis anos sozinha. Não por apenas algumas horas. Mas, morando sozinha em um local tão perigoso? Na minha visão foi muita irresponsabilidade. Ainda mais porque estava viajando para outros países. Divertindo-se sem nem se preocupar com os filhos. Não gostei nenhum um pouco deles. Poderiam pensar um pouco mais além deles mesmos. Mudando toda hora de local sem nem imaginar o que poderia fazer com a Lucy. Não gostei deles.

Você não sabe ainda. Mas, essa semana vai ser incrível.

Como disse no começo da resenha gosto muito dos livros da autora. Ela consegue envolver o leitor de uma forma impressionante em suas histórias. Mesmo que não seja apenas focada no romance. Eu acredito que diversos públicos iriam gostar de seus livros. Apreciar uma boa história. Vale a pena.

Quote Favorito

A Geografia de Nós Dois - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

As capas dos livros da autora são lindas. A editora tem um cuidado muito legal. A imagem das estrelas iluminando o casal. Assim como a cidade de fundo ficou muito bonita. Não precisou de muita coisa. O simples muitas vezes é o melhor caminho. Gosto como o nome do livro fica em destaque. Sem roubar toda a cena para si. Assim como o nome da autora consegue um bom destaque.

A Geografia de Nós Dois - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação é simples. Cada capítulo está em uma nova página. Não tive problemas com a tradução/digitalização. As páginas são amarelas e grossas.

Nota da Nathy

A Geografia de Nós Dois - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Geografia de Nós Dois - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Geografia de Nós Dois - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Geografia de Nós Dois - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Geografia de Nós Dois - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Onde Comprar

O livro é uma cortesia da Editora Galera Record. A resenha realizada aponta os pontos positivos eou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.