No Limite do Desejo – Katie McGarry – #Resenha

Home/Livros/Resenhas/No Limite do Desejo – Katie McGarry – #Resenha

Sinopse: Haley é campeã de kickboxing, mas, após enfrentar uma tragédia, jurou nunca mais pôr os pés no ringue. Até o dia em que o cara em quem ela não consegue parar de pensar aceita uma luta de MMA em homenagem a ela. De repente, Haley tem de treinar West Young. Cheio de atitude, West é tudo o que Haley prometeu a si mesma evitar. Ainda assim, ele não vai durar cinco minutos no ringue sem a ajuda dela. West está escondendo um grande segredo de Haley, sobre quem ele realmente é. Mas ajudá-la lutar por ela é uma chance para a redenção. Ele não pode mudar o passado, mas talvez possa mudar o futuro de Haley. Haley e West combinaram de manter o relacionamento estritamente dentro do ringue. Mas, conforme uma ligação inesperada se forma entre eles e o desejo chega ao limite, eles terão de enfrentar seus medos mais obscuros e descobrir se vale a pena lutar pelo amor.

Ficha Técnica

No Limite do Desejo - Katie McGarry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: No Limite do Desejo – Skoob

Titulo Original: Take Me On – Goodreads

Autora: Katie McGarry

Tradução: Débora Isidoro

Editora: Verus Editora (Grupo Editorial Record)

Ano: 2016

ISBN: 978-85-7686-467-7

Coleção: No Limite | Volume: 04

Número de páginas: 349

Sobre a Autora

No Limite do Desejo - Katie McGarry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Katie McGarry foi adolescente na época do grunge e das boy bands e se recorda desses anos como os melhores e os piores de sua vida. Ela gosta de música, finais felizes e reality shows, e torce secretamente pelo time de basquete da Universidade de Kentucky. Katie adora interagir com seus leitores.

Opinião da Nathy

Tenho uma relação de amor e ódio com os livros dessa série. Gostei do primeiro, detestei o segundo e me apaixonei pelo terceiro. Então pode imaginar como estava com o quarto livro da série. Sinceramente não sabia o que esperar. Apenas desejava que não fosse uma mocinha chata. Mas, alguém muito apaixonante. E felizmente foi tudo o que eu podia desejar. Meu único problema foi para recordar quem eram esses personagens. E de onde os conhecia. Ainda bem que a autora deu um jeito de me fazer relembrar tudo. Um ponto positivo no livro. Retoma uma parte da história. Ela acontece em paralelo com o final do terceiro livro. Gostei tanto qe acredito que o segundo tenha sido uma exceção.

No Limite do Desejo conta a história de West e Haley. Ele é o irmão de Rachel mocinha do terceiro livro. Depois de presenciar um desastre com sua irmã. West perde completamente o rumo. Ele já não sabe mais quem é e qual seu objetivo no mundo. Tudo o que queria era proteger a sua família. Não queria que nada de mal acontecesse com seus irmãos. Tem sérios problemas com seus pais. Que parecem não compreender o comportamento de seu filho. Isso é o que tem em comum com Haley. Ela faz tudo o que pode para proteger toda a sua família. Depois que eles perderam tudo o que tinham. Passou por maus bocados nas mãos de ex-namorado por isso não luta mais. Outro ponto que tem em comum com West. Ele adora uma boa luta, apenas precisa de um pouco de treinamento. E ninguém melhor do que Haley para ajudá-lo. Mas, o que começa com uma pequena implicância. Acaba se tornando algo muito maior.

A narrativa é em primeira pessoa intercalando com os personagens principais. Não sou fã de livros com a narrativa em primeira pessoa. Porque gosto de conhecer o pensamento de todos. Essa coisa de ficar no suspense sobre os sentimentos não faz muito meu estilo. Por isso gosto tanto do modo que a Katie escreve. Não deixa nada de fora. Consegue juntar todas as pontas.

Ele ergue o braço, e o mundo escurece.

Eu gostei de West e de seu jeito. Mas, apenas porque foi crescendo ao longo do livro. Sim, protege como pode sua família. Principalmente seus irmãos. No entanto, precisou daquele momento decisivo para crescer mesmo. Não ficar brincando com as pessoas. Aprender que a vida é muito mais do que seus pais lhe mostram. E nossa como vibrei quando conseguiu sua própria identidade. Como conseguiu se encontrar na luta. Como aprendeu a cuidar de si mesmo. Sair da barra dos pais. Não foi uma tarefa fácil. Ainda mais porque sempre tinha tudo nas mãos. Ele era um menino mimado que aprendeu com seus erros. Por isso gostei tanto do personagem. Estava quebrado e se consertou sozinho.

Meu receio fosse que a Haley ficasse tão focada em sua família e esquecesse do resto. Ela até seus momentos muito ingênuos. De aceitar tudo de cabeça baixa quando se trata de seu tio. Mas, logo a forte personalidade dela aparece. Nesse momento fiquei muito feliz. Porque ela se mostrou muito forte. Aguentava as pontas por sua família. Ela assim como West passa por um momento decisivo. Quando precisa crescer e também lutar pelo que acredita. Pelo que deseja. Não aceitar tudo de cabeça baixa. Como se tivesse que fazer a vontade de todos ao seu redor. Como se tivesse que viver com medo.

Algo que gostei muito foi o romance dos dois. Não começa cheio de beijos e abraços. Nada de te amo nas primeiras páginas. Tudo é muito bem construído. São duas pessoas traumatizadas tentando sobreviver. Nesse caminho começam a se ajudar. Com essa proximidade um sentimento mais forte surge. E quando eles finalmente aceitam seus sentimentos tudo se torna melhor. Ainda que mais dramático. Gosto do modo que a Katie descreve as cenas. Não fica nada vulgar. Tudo fica bem romântico e carinhoso.

Queria poder entrar no octógono e me jogar nos braços dele, mas existem regras e respeito, e tenho de esperar até mais tarde para demonstrar  a ele todo o meu amor e minha gratidão.

Em todo livro tem aqueles personagens detestáveis, fracos e os engraçados. Não podia ser diferente nesse. O detestável fica por conta de dois. O tio da Haley e seu ex-namorado Matt. Dois homens que se acham a coisa mais maravilhosa do mundo. Como se tudo devesse girar com as suas regras. O tio dela acha que pode controlar e humilhar todo mundo. Enquanto, Matt acredita que a Haley lhe pertence. Um claro relacionamento abusivo. Ele pensa que pode tudo. Porque faz juras de amor e algumas vezes é carinhoso. Amei a lição que West lhe deu com poucas palavras. Foi o melhor de tudo.

Os fracos ficaram por conta da família dela. O pai dela simplesmente desiste. Deixando a sua família nas mãos de Haley. Como se ela tivesse a obrigação de cuidar de todos. Quando na verdade ele deveria erguer a cabeça. Deveria pensar em seus atos e reagir. Mas, cada vez mais se tornar compassivo com a situação. Agindo como se fosse uma vítima indefesa. A mãe dela também não agia de uma forma melhor. Pensava simplesmente em aceitar tudo porque estava morando de favor. Mas, não deveria ser humilhada desse jeito.

Os engraçados foram o avô da Haley, seu irmão Kaden, seu primo Jax e por Abby. Todos tinham seus momentos engraçados, mas também dramáticos. Eu amei o avô dela. A forma como cuida da menina é muito linda. Não queria que ela se afundasse nos problemas da família. Queria que conseguisse viver. Ter um futuro brilhante. Seu irmão e primo estavam dispostos a tudo para ajudá-la. Inclusive lhe proteger do Matt. Mas, Haley queria protegê-los também. Foi lindo ver essa relação. Já Abby estava protegendo muito mais o West. Eles conseguiram criar um laço de amizade muito legal. Tive um respeito muito maior por ela. Em algum momento deve contar a sua história difícil.

Não vou brigar com você. Não vim aqui para brigar com você!

Esses livros da Katie McGarry são um ótimo modo de passar uma tarde. Tem drama, romance e comédia. Tudo o que costumo gostar nos livros. Falta a parte do suspense. Mas, consigo relevar. Para quem gosta desse estilo deveria dar uma chance para a autora. Com certeza não irá se arrepender. Estou querendo os próximos volumes.

Quote Favorito

No Limite do Desejo - Katie McGarry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Algo que não se pode reclamar são das capas dos livros dessa série. São muito lindas. Dessa vez com a menina e o rapaz em roupas esportivas. De fundo tem a imagem dela treinando. Tudo se encaixando perfeitamente. O nome do livro em grande destaque. Seguindo o padrão dos livros anteriores. Sabe aquela capa que não consegue parar de olhar. E sentir vontade de ler de novo somente por causa dela. Eu fico desse jeito toda vez que vejo os livros da Katie. Gostei muito do trabalho da editora.

No Limite do Desejo - Katie McGarry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação é simples. Cada capítulo inicia em uma nova página. Com marcação sobre quem está narrando determinada página em uma fonte diferente. As páginas são amarelas e grossas. Não tive problemas com a tradução/digitalização.

Nota da Nathy

No Limite do Desejo - Katie McGarry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMNo Limite do Desejo - Katie McGarry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMNo Limite do Desejo - Katie McGarry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMNo Limite do Desejo - Katie McGarry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMNo Limite do Desejo - Katie McGarry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

  • No Limite da Atração – Pushing the Limits #1 – Lançado em  2013 – Resenha
  • Crossing the Line – Pushing the Limits #1.1  – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • Breaking the Rules – Pushing the Limits #1.5  –  Não há previsão de lançamento no Brasil
  • No Limite da Ousadia – Pushing the Limits #2 – Lançado em 2014 – Resenha
  • No Limite do Perigo – Pushing the Limits #3  – Lançado em 2015 – Resenha
  • No Limite do Desejo – Pushing the Limits #4 – Lançado em 2016
  • Chasing Impossible – Pushing the Limits #5 – Não há previsão de lançamento no Brasil

Onde Comprar

  • No Limite da Atração – Amazon | Submarino | Saraiva | Americanas | Martins Fontes  Cultura | Ponto Frio | Extra | Fnac
  • No Limite da Ousadia – Amazon | Submarino | Saraiva | Americanas | Martins Fontes  | Cultura | Ponto Frio | Extra | Fnac
  • No Limite do Perigo – Amazon | Submarino | Saraiva | Americanas | Martins Fontes  Cultura | Ponto Frio | Extra | Fnac
  • No Limite do Desejo – Amazon | Submarino | Saraiva | Americanas | Martins Fontes  Cultura | Ponto Frio | Extra | Fnac
  • No Limite da Ousadia (E-book) – Amazon | Saraiva | Itunes | Cultura
  • O livro é uma cortesia da Verus Editora. A resenha realizada aponta os pontos positivos eou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.

    About the Author:

    Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

    Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)