Sinopse: Pelo que Fei se lembra, nunca houve um ruído em seu vilarejo todos são surdos. Na montanha, ou se trabalha nas minas ou na escola, e as castas devem ser respeitadas. Quando algumas pessoas começam também a perder a visão, inclusive a irmã de Fei, ela se vê obrigada a agir e a desrespeitar algumas leis.

O que ninguém sabe é que, de repente, ela ganha um aliado: o som, e ele se torna sua principal arma. Ao seu lado, segue também um belo e revolucionário minerador, um amigo de infância há muito afastado em função do sistema de castas. Os dois embarcam em uma jornada grandiosa, deixando a montanha para chegar ao vale de Beiguo, onde uma surpreendente verdade mudará suas vidas para sempre. Fei não demora a entender quem é o verdadeiro inimigo, e descobre que não se pode controlar o coração.

Ficha Técnica

Silêncio - Richelle Mead - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: Silêncio – Skoob

Titulo Original: Soundless – Goodreads

Autora: Richelle Mead

Tradução: Daniela Dias

Editora: Galera (Galera Record)

Ano: 2016

ISBN: 978-85-01-10738-1

Número de páginas: 279

Sobre a Autora

Silêncio - Richelle Mead - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Richelle Mead é autora das séries Academia de Vampiros, número 1 nas listas de mais vendidos, e Bloodines, um spin off da primeira. Uma leitora compulsiva, Richelle sempre foi fascinada por mitologia e folclore. Quando consegue se afastar um pouco dos livros, gosta de assistir reality shows toscos, viajar, experimentar coquetéis e comprar vestidos para usar nas suas turnês literárias. É viciada em café, trabalha de pijama e tem verdadeira paixão por coisas excêntricas e engraçadas. Nasceu em Michigan, mas atualmente vive em Seatle.

Opinião da Nathy

Eu gosto muito dos livros da autora. Principalmente da série Academia de Vampiros. Então já pode imaginar a minha empolgação com o lançamento desse livro. Ainda mais depois de ver a capa. Tão linda e com uma sinopse bem instigante. Já estava esperando que fosse ser uma nova série. Algo sobrenatural e bem no estilo dos outros livros dela. Porém, acabei me decepcionando. Não tinha nada do que estava esperando e tudo ficou em torno do romance. Não parecia que a história estava andando. E na finalização eu achei muito rápida e sem um sentido. Por isso teria sido melhor se tivesse tido outros livros. Talvez o trabalho tivesse sido melhor desenvolvido.

O livro conta a história de Fei e sua vila. Desde que se lembra nunca teve um ruído na vila. Todos são surdos. Alguns acreditam em lendas que eles foram punidos de algum jeito. Que fizeram algo de errado e por isso não conseguem ouvir nada. O único problema é que agora várias pessoas não estão conseguindo enxergar. E o destino delas não é muito bonito. Quando a irmã de Fei começa a perder a visão a menina se desespera. Fazendo de tudo para ajudar a sua irmã. Inclusive arriscando a sua vida. Para conseguir salvar a sua irmã conta com a ajuda de Li Wei. Um rapaz que trabalha nas minas e já perdeu pessoas muito importantes em sua vida. Então compreende o medo que Fei está sentindo. Então os dois embarcam em uma aventura para poder salvar a irmã de Fei. Antes que seja tarde demais.

A narrativa é em primeira pessoa. Mesmo sendo tudo na visão da Fei. Não fiquei instigada para saber o pensamento dos outros personagens. Ela conseguia descrever muito bem a situação de todos. De uma forma que o leitor sabe exatamente o que estão passando. Como estão se sentindo. A opressão que ocorre naquela vila. Eu gosto do modo de escrever da Richelle. No entanto, alguns momentos foram bem cansativos mesmo. Não tinha a necessidade de escrever cada um dos pontos. Porque já dava para se imaginar determinada cena/situação.

Minha irmã está em apuros, e tenho poucos minutos para ajudá-la.

Estava esperando demais dessa trama. Querendo saber o motivo do porque não escutavam e agora também estava perdendo a visão. Porque algumas delas estavam morrendo de forma bem rápida. E apesar da explicação ter sido bem plausível. E percebe-se que a autora pesquisou sobre o assunto. Não me agradou. Estava esperando por algo mais sobrenatural. Como se ela tivesse que lutar com várias pessoas. Algo bem no estilo dos outros livros dela. Não foi bem trabalhada essa trama que tinha tudo para ser excelente. Alguns pontos foram deixados de lado. E outros até que fez sentido. Como uma forma de crítica inclusive para a nossa sociedade.

Não consegui compreender o que torna a Fei tão especial. Porque não é uma menina corajosa. Vive a sua vida de uma forma normal. Apenas quer o melhor para a sua irmã. Na metade do livro consegui ver um pouco de força nela. Mas, nada que tornasse a personagem excepcional. Ela não é tão irritante quanto outras mocinhas. Mas, tem a sua cota. Em alguns momentos eu queria a sacudir e pedir que se jogasse no relacionamento. Que aproveitasse mais o momento. Porque com certeza tudo iria mudar de um momento para o outro. No entanto, ela ficava focada de uma forma um pouco obcecada. Não me apaixonei por ela.

Isso vai bastar para enfrentarmos qualquer tempestade que possa vir. Com toda certeza.

O Li Wei é um personagem um tanto revoltado. Isso de certa forma é bem compreensível. Não consegue lidar com a forma que a vila reage. Como muitas pessoas estão morrendo. E ninguém parece se importar com nada. Apenas com o fato de terem o melhor alimento. Eu gostei do modo como ele tentava lutar contra o sistema. Como queria uma vida melhor para todos. O seu romance com a Fei é até que bem desenvolvido. Mostrando o sentimento dos dois aos poucos. Como queriam ter um relacionamento, mas não podiam. O Li Wei mostra uma coragem muito grande em relação ao seu amor. Como é capaz de tudo por ela. Mas, no final ficou tudo muito corrido. O que não me agradou.

A Zhang Jing foi muito mal trabalhada. Por causa dela que tem um enredo no livro. Por causa dela que Fei pensa em arriscar a sua vida. E a personagem tem no máximo cinco cenas. Eu não gostei disso. Ela poderia ter sido usada de diversas formas. Mostrando o outro lado da sociedade na vila. Como as pessoas eram tratadas. Não sei, mas poderia ter sido bem melhor. Fiquei esperando um papel maior para ela que não teve. Assim como de outros personagens. Os anciões que causavam muito na vida do povo. Mas, quase não apareciam.

Enfim chegamos à área das minas, e é ali que nossos caminhos se separam.

Quem gosta dos livros da Richelle eu acho que conseguirá distinguir o modo de escrita nesse livro. Agora quem não conhece a autora. Recomendo que comece por outros dela. A série Academia de Vampiros vale muito a pena. Um ótimo modo de conhecer o trabalho da autora.

Quote Favorito

Silêncio - Richelle Mead - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

A capa está simplesmente linda. Foi um dos motivos pela qual quis fazer a leitura do livro. A menina está em uma pose de guerreira. Mas, passa aquela sensação de tranquila e paz. As cores combinaram demais com o livro. Não ficou pesado. Tudo bem claro. E cada um tendo o seu devido espaço. O nome da autora está em tons dourados que ficou lindo. Também tem uma textura diferenciada.

Silêncio - Richelle Mead - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Já a diagramação é simples. Cada capítulo inicia em uma nova página. Tem uma fonte diferenciada durante a narrativa e os diálogos. As páginas são amarelas e grossas. Não tive problemas com a tradução/digitalização.

Nota da Nathy

Silêncio - Richelle Mead - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Silêncio - Richelle Mead - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Silêncio - Richelle Mead - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Silêncio - Richelle Mead - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Silêncio - Richelle Mead - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Onde Comprar

O livro é uma cortesia da Editora Galera Record. A resenha realizada aponta os pontos positivos eou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.