Good Morning Call – #Review

Home/Séries/Reviews/Good Morning Call – #Review

Estava passando pelo facebook esses dias e vi um pessoal recomendando esse drama. Mas, já estava com muitos na lista acompanhando semanalmente. Então resolvi esperar finalizar para então começar a ver. Não ia sofrer tanto dessa forma. Não estava com as expectativas altas. Porque já imaginava que seria um romance mais leve. Sem tato sofrimento. E ainda bem que vi quando finalizado porque não ia aguentar esperar terminar. Sabe aquele romance que é tão fofo que precisa saber o que irá acontecer? Esse é o estilo desse. Deixa você sorriso e ansioso pelo próximo. Ainda que tenha vários momentos bem irritantes.

Ele é baseado em um mangá com o mesmo nome. Comecei a ler o mangá, mas ainda não finalizei. Claro que é bem semelhante um ao outro. Porém, não tive a mesma paciência. Vai entender já que muitas vezes gosto até mais do mangá. Ainda sou traumatizada com essas coisas. Quando chegou no final desse já estava querendo uma segunda temporada. Sim, sei que é impossível. Que não irá acontecer. Porém, eu gosto de sonhar. E ficaria muito feliz se realmente tivesse uma segunda temporada.

A Série

Yoshikawa Nao (Fukuhara Haruka – MARS – Tada, Kimi wo Aishiteru) é deixada para morar sozinha quando seus pais se mudam para a fazenda que herdaram se seu avô. No dia em que ela se muda para o novo apartamento, descobre que também foi alugado para Uehara Hisashi (Shiraishi Shunya – Love Stories From Fukuoka). Um rapaz muito popular em sua escola.

Com esse problema resolvem ir até a imobiliária que alugou o apartamento. Porém, descobrem que sofreram um golpe. E os problemas não param nesse ponto. A proprietária permite que vivam no local. Porém, com o valor um pouco mais alto do que o esperado. Sem dinheiro e uma casa para voltar eles decidem morar juntos. Apenas como colegas de apartamento. Porém, logo os sentimentos de ambos começam a mudar.

Você pode conferir o drama na Netflix com a legenda em português!!

O drama não tem nenhum plot mais pesado. Ou algo que mexa com as estruturas. É um romance no estilo de Itazura na Kiss. Uma menina que se apaixona completamente pelo menino mais popular. E frio com ela também. Mas, tem alguns pontos diferentes. Porquê da Kotoko era humilhada diversas vezes pelo Irie. Nesse drama isso não ocorre. Ainda bem porque senão ia ficar muito irritada. Apesar de o principal ter um jeito mais frio. Ele não humilha ela desse jeito. Parece até mesmo que a respeita bastante. Poderia ter sido abordado o bullying na escola. Como a principal iria sofrer por gostar justamente do mais popular. No entanto, isso fica muito em segundo plano. Tudo gira em torno do romance dos dois. Foi até gostoso de assistir. Porque não ficava sofrendo tanto.

Good Morning Call - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Já estava querendo ver o drama. Ainda mais quando vi quem era a atriz principal. Ela é muito fofa. E diferente de seu personagem em Mars. Ela conseguiu dar uma vida para Nao impressionante. Ela é toda atrapalhada. Se coloca em cada situação que não deveria. Mas, também tem muita força. Tem suas expectativas e deseja que sejam cumpridas. Não fica enrolando naquilo que deseja. Aproveita a sua vida da melhor forma. Não se deixa intimidar pelas outras meninas. Não é muito estudiosa e está com medo de voltar para a fazenda. Mas, tem dedicação no que faz. Não fica correndo atrás do Uehara. Tem curiosidade sobre o menino. Mas, ao contrário da Kotoko sua vida não gira em torno dele. Arruma um emprego depois de mais uma de suas confusões. Porém, é perceptível como gosta daquilo que faz. E das pessoas que estão ao seu redor. No amor somente tem olhos para ele. Não fica mudando de ideia nem nada. Ela foi muito fofa. Não sei como o Uehara não se apaixonou antes.

Good Morning Call - #Review | OBLOGDAMARI.COM

O Uehara é um menino que não importa com as meninas. Mesmo sendo o mais popular. O mais inteligente. E o mais bonito. Faz o que é necessário. Tem seu emprego e quer sua independência de qualquer jeito. Não quer mais viver nas asas de seu irmão. Acredita que já tem idade para se cuidar. Ele é muito frio nas suas atitudes com todas as meninas. Porém, não deixa de ser sincero. Não quer criar nenhuma esperança nos corações delas. Quando começa a notar a Nao é muito fofo. Porque fica com ciúmes, mas não sabe como agir. Ele todo apaixonado é muito lindo. É perceptível que não sabe como deve reagir. O que deveria fazer para mantê-la do seu lado. Em diversos momentos acaba fazendo algo que não está certo. Algo que me deixava muito irritada. Ao mesmo tempo com um sorriso no rosto. Ainda mais cenas seguintes. Eu me apegava nos mínimos detalhes.

Good Morning Call - #Review | OBLOGDAMARI.COM

O romance dos dois é muito bem trabalhado. Nenhum deles se apaixona à primeira vista. O que é legal de ambos. Eles vão aprendendo cada vez mais um sobre o outro. Justamente por viverem juntos. Começam a perceber os pequenos detalhes. Quando ficam juntos – isso não é spoiler porque é óbvio – eles agem de uma forma apaixonada. No entanto, ainda estão aprendendo juntos. Tudo sobre o amor e como devem se portar. Ainda mais quando parece que outras pessoas não querem essa felicidade. Como se quisessem os dois separados. Em alguns momentos ficava com raiva dessas pessoas. Porque eles eram tão lindos juntos. Tudo se encaixava muito bem. Tiveram algumas situações que eu não conseguia entender. Mas, porque eu acho que faz parte da cultura deles. Não sei direito. Ainda assim foi um romance bem fofo e clichê.

Good Morning Call - #Review | OBLOGDAMARI.COM Good Morning Call - #Review | OBLOGDAMARI.COM Good Morning Call - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Good Morning Call - #Review | OBLOGDAMARI.COM Good Morning Call - #Review | OBLOGDAMARI.COM Good Morning Call - #Review | OBLOGDAMARI.COM

E se gostei do Uehara foi muito difícil não me apaixonar pelo Daichi (Sakurada Dori – Underwear). Não sou de ficar balançada por secundário. Mas, o Daichi mexeu demais comigo. Ele é o melhor amigo dela. Extremamente fofo e cuidadoso. Sabe exatamente o que ela deseja. O que está pensando. E faz de tudo para ver um sorriso no rosto dela. O único problema é que ela apenas o vê como um amigo. E mesmo quando está tentando mudar isso não consegue. Eu teria ficado bastante mexida. Se o rapaz que gosto parece não se importar. Mas, meu melhor amigo está mudado e disposto a me conquistar porque não dar uma chance? Porque é um drama e obviamente ela ia ficar com o principal. Ainda assim o Daichi conseguiu ter um grande espaço no meu coração. Justamente por ser tão fofo com ela. O sofrimento dele ao ver que ela não estava bem era muito duro. Ele estava sempre querendo ver um sorriso no rosto dela. Mesmo que isso significasse ficar com o Uehara.

Good Morning Call - #Review | OBLOGDAMARI.COM Good Morning Call - #Review | OBLOGDAMARI.COM Good Morning Call - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Claro que não poderia faltar a melhor amiga nesse drama. A Marina (Arai Moe – Piece) é muito engraçada. Nutre um amor por cada homem em dia diferente. Mas, acha o Uehara o melhor deles. Sempre sorrindo e suspirando por causa dele. Mesmo que a Nao não entenda. Mas, por buscar outras pessoas não enxergava o Michan (Nagashima Shugo – Samurai Sentai Shinkenger). Dava uma pena do menino. Toda hora vendo a sorrindo por causa do Uehara. Mesmo que ele não tivesse feito nada. Eu torci muito para que os dois ficassem juntos. Sabe aquele casal fofo e apaixonado que você fica suspirando. Mas, tem todo aquele lado engraçado e atrapalhado. São esses dois. Eu apenas gostaria que tivessem tido um pouco mais de espaço.

Good Morning Call - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Os demais personagens conseguiam seu destaque fosse para algo bom ou ruim. O Issei (Kentaro – It’s Not That I Can’t Marry, But I Don’t Want To) era um dos amigos da Nao e também muito fofo. Olhava para a menina e queria cuidar. Dava ótimos conselhos para o Uehara. Para que começasse a perceber a mulher que gostava. Para perceber quais eram os sentimentos dela. O Abe (Nagasawa Koya) era a comédia do drama. Confessava seu amor por todas as meninas. Na esperança de que alguma aceitasse ser sua namorada. Eu dava risada demais ele no parque de diversões foi hilário. Mas, como disse tinha aqueles personagens detestáveis e foram Takuya (Tanaka Kei) e Yuri (Mori Erika – Kamen Rider Hibiki). Sério eles poderiam nem ter aparecido no drama. Tudo teria sido muito melhor. Apenas de lembrar principalmente da Yuri sinto muita raiva.

Good Morning Call - #Review | OBLOGDAMARI.COM Good Morning Call - #Review | OBLOGDAMARI.COM Good Morning Call - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Esse drama é para quem gosta de romance. Aquele bem clichê e leve. Eu aproveitei cada segundo. Quando terminou inclusive fui rever algumas partes de tão empolgada. Vale a pena conferir.

By | 2017-01-06T14:41:39+00:00 04/08/2016|Categories: Reviews, Séries|4 Comments

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

4 Comments

  1. Ingrid 7 de agosto de 2016 at 17:28 - Reply

    Olá! Comecei a assistir Good Morning Call na semana passada, e estou amando! Concordo com todos os pontos apresentados pelos personagens, exceto sobre a Yuri. Eu realmente ainda não entendo o que se passa na cabeça do Takuya, mas é mais do que óbvio que a Yuri é uma mulher que está sempre tentando ser forte, mesmo com relações afetivas tão confusas. E, mesmo atrapalhando demais (ainda que sem querer) o relacionamento do Uehara e da Nao, ela sempre foi muito fofa e simpática, então não consigo simplesmente odiá-la. De uma forma ou de outra, foi por intervenção dela que Uehara finalmente confessou seus sentimentos pela Nao.
    Queria também passar para informar que o dorama foi oficialmente renovado para uma segunda temporada! Foi anunciado no Instagram, há duas semanas. Segue abaixo o link:
    https://www.instagram.com/p/BICli03j8CV/
    Adorei o blog!
    Beijos!

    • Nathalia Garcia 18 de agosto de 2016 at 11:25 - Reply

      Oiee Ingrid,

      Não fazia ideia de ia ter uma segunda temporada. Já estou em surtos esperando tomara que seja tão boa quanto a primeira. Em relação a Yuri vendo por esse ponto de vista ela realmente é uma personagem que estava tentando sobreviver, lutando pelo seu casamento e tudo mais.
      Beijos

  2. Fernanda 4 de agosto de 2016 at 22:03 - Reply

    Oi, onde consigo assistir essa série??

    • Nathalia Garcia 18 de agosto de 2016 at 11:22 - Reply

      Ola Fernanda, ela está disponivel na Netflix =)

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)