O Ar Que Ele Respira – Brittainy C. Cherry – #Resenha

Home/Livros/Resenhas/O Ar Que Ele Respira – Brittainy C. Cherry – #Resenha

Sinopse: Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.

Ficha Técnica

O Ar Que Ele Respira - Brittainy C. Cherry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: O Ar Que Ele Respira – Skoob

Titulo Original: The Air He Breathes – Goodreads

Autora: Brittainy C. Cherry

Tradução: Meire Dias

Editora: Record (Grupo Editorial Record)

Ano: 2016

ISBN: 978-85-01-07566-6

Série: Elementos | Volume: 01

Número de páginas: 306

Sobre a Autora

O Ar Que Ele Respira - Brittainy C. Cherry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Brittainy C. Cherry é formada em artes cênicas, com especialização em escrita criativa pela Carroll University, em Wisconsin. Quando não está escrevendo, adora brincar com seus bichinhos de estimação. Ela mora com a família em Milwaukee, Wisconsin.

Opinião da Nathy

Comecei esse livro sem nenhuma expectativa. Tinha gostado de Sr. Daniels, mas não me conquistou completamente. Por isso estava com receio de iniciar outro livro da autora. Ainda bem que resolvi arriscar. Porque eu acho que foi um dos melhores livros que li esse ano. Sim, tem alguns pontos rápidos e um pouco irreais. Mas, a forma como ela explorou a superação dos personagens foi incrível. A trama já tinha me chamado atenção. E o desenvolver dela foi muito bom. Finalizei o livro em poucas horas.

O Ar que Ele Respira conta a história de Tristan Cole e Elizabeth. Duas pessoas que viram suas vidas mudar completamente em um dia. Um pequeno acidente que levou embora as pessoas que mais amavam. Faz um ano que Elizabeth perdeu o marido. Ela está buscando forças para seguir em frente. Ainda mais por ter uma filha para criar. Todos os dias sente uma saudade imensa de seu marido. Quando decide voltar para a cidade algo inesperado ocorre. Ela conhece Tristan. Um homem que não é bem visto pelas pessoas da cidade. Mas, Elizabeth que ele guarda uma dor profunda dentro de si. Seus olhos não mentem. Ela sabe que de alguma forma podem se ajudar. Porém, quando algo começa de forma simples e se transforma para algo mais forte. Elizabeth terá que ser ainda mais forte. Para lidar com as novas barreiras em sua vida.

A narrativa é em primeira pessoa. Fica mudando de foco entre o Tristan e a Elizabeth. No outro livro da autora não tinha me cativado a escrita. Tudo parecia arrastado demais. Mas, nesse livro foi bem diferente. Quanto mais conhecia a história desses dois. Mais estava querendo saber o que iria ocorrer. Como o romance entre eles seria trabalhado. Ainda mais porque estavam tentando superar uma grande perda. A escrita está mais dinâmica e gostosa. Não foi a toa que finalizei tão rápido o livro. Não queria largar de jeito nenhum.

Num piscar de olhos, num breve momento, tudo o que eu sabia sobre a vida mudou.

Eu fiquei muito impressionada com a Elizabeth. Ela perdeu o marido e todos os dias tinha esse buraco no coração. Mas, procurava seguir em frente por causa de sua filha. Queria tanto que ela deixasse as lágrimas saírem tranquilamente. Tirar toda a dor de seu coração. Porque estava guardando tudo dentro de si. Sofrendo e não tendo com quem conversar. Ainda assim ela conseguiu superar cada um dos obstáculos e se apaixonar de novo. Ainda que no começo tivesse um sentimento de culpa. Ela logo conseguiu deixar de lado e sorrir para a vida. Entendendo que ainda estava viva. Sempre se lembraria de seu marido. Mas, que estava pronta para seguir em frente. Com uma pessoa que a compreendia plenamente.

O Tristan age de uma forma dura no começo. Não quer conversar com ninguém. Não quer amizade. Apenas viver sozinho com Zeus. Não acredita que mereça o carinho ou respeito das pessoas. Sério em todos os momentos eu queria cuidar dele. Afirmar que ficaria tudo bem. Que não tinha culpa de nada. E gostei da forma que ele encontrou de superar seus medos. Não podia ter um relacionamento mais sério se não se despedisse de sua esposa e filho. Não deixando que a culpa o impedisse de viver. Ele também foi muito forte e corajoso. Gostei demais dele. Virou um dos meus mocinhos favoritos.

Por isso gostei muito do romance deles. Primeiro tinha achado estranho o quão rápido estavam envolvidos. Afinal poucas horas estavam chorando pelos seus antigos amores. Mas, a autora conseguiu transformar tudo de um modo surpreendente. Estava com receio de não acreditar nos sentimentos deles. Porém, tudo foi bem trabalhado e desenvolvido que acreditei do começo até o final. Eles foram lindos juntos. Todo o amor e carinho que deve ter em uma família. Deu para perceber que era um amor mais maduro. Mesmo tendo todo aquele desejo. Os dois já tinham aprendidos algumas lições.

Gosto de você. Nem sei por que, seu cabeça-dura.

Os personagens secundários também são muito bons. A Faye melhor amiga da Elizabeth é hilária. Mas, parece aquela amiga que apesar de feliz não é de verdade; Como se usasse a ironia e outros elementos para esconder a verdade. Para esconder todo o sofrimento que tem dentro de si. Sem contar que parece jogar no lado mais fácil. Para desse jeito não se machucar. Quero muito que tenha um livro com ela. Em que finalmente consiga a sua felicidade. Que venha perceber que tem muito valor. Desse jeito não deixar que os homens pisem nela. Teve um momento em que fiquei irritada com ela. Mesmo sendo compreensível a sua atitude. Não quis entender seu lado. Preferi ficar com raiva porque não era justo.

Agora eu me apaixonei pela a Emma. Uma menina muito fofa e cativante. Não adianta que livro onde tem animais e crianças roubam a cena. Nesse caso Emma junto com Zeus conseguiu tornar a história ainda melhor. A menina tinha um jeito meigo de falar. Ainda mais quando era sobre coisas sérias. Uma sabedoria que nem parecia estar vindo de uma criança. Claro que em alguns momentos age de acordo com a sua idade. O que a deixa ainda mais linda. Eu queria protegê-la de todos os perigos. Não importava o que fosse.

Tem as famílias de ambos que aparecem demais. Os pais dele nem tanto porque querem dar um espaço para o filho. Quer que ele venha até eles. E nossa a união dessa família é muito linda. A forma como superaram os obstáculos. A dor de perder alguém tão querido. Todo o sentimento de culpa foi colocado de lado. Agora a mãe da Elizabeth me fez ficar com pena dela. Porque a mulher depois de perder o marido ficou sem rumo. Queria ter aquele sentimento de novo e se colocou em roubadas. Ela merecia ser muito feliz.

Nesses livros sempre tem aquela pessoa que me irrita. E nesse caso ficou por conta de Tanner. O melhor amigo do falecido marido da Elizabeth. Em uma outra história teria achado ele um fofo. E nossa como cuidava da família dela. No entanto, desde a primeira aparição dele não consegui gostar do homem. Suas atitudes pareciam cheias de segundas intenções. Não parecia que fazia aquilo porque gostava delas. Mas, porque queria algo muito melhor. Do começo até o final não gostei dele. E não gostei do seu destino.

Então por que parece que estamos dizendo adeus?

Sim, eu recomendo esse livro para todo mundo. Para todos os públicos. Porque eu acho que consegue cativar nas primeiras linhas. Quem gosta de algo no estilo Nicholas Sparks vai amar esse livro. Ele faz você refletir inclusive sobre a sua própria vida. Em quem está depositando a sua confiança e amor. A pessoa realmente merece isso? Foi bem marcante. Mal posso esperar pelo próximo volume.

Quote Favorito

O Ar Que Ele Respira - Brittainy C. Cherry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Como não amar essa capa? O homem tem um estilo de durão. Como se não suportasse as pessoas. No entanto, a pose que ele se encontra é vulnerável. Demonstrando bastante a forma como o Tristan age. Eu achei linda desde o primeiro momento em que a vi. Os tons sombrios combinaram demais. Porque não é um livro leve e romântico. Tem uma profundidade maior. O nome do livro tem seu destaque e tem uma textura diferente. O nome da autora ficou um pouco apagado.

O Ar Que Ele Respira - Brittainy C. Cherry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação é simples. Cada capítulo inicia em uma nova página. Tem marcação quando ocorre mudanças de cenas dentro do mesmo capítulo. As páginas são amarelas e grossas. Não tive problemas com a tradução/digitalização.

Nota da Nathy

O Ar Que Ele Respira - Brittainy C. Cherry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMO Ar Que Ele Respira - Brittainy C. Cherry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMO Ar Que Ele Respira - Brittainy C. Cherry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMO Ar Que Ele Respira - Brittainy C. Cherry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMO Ar Que Ele Respira - Brittainy C. Cherry - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamento

  • O Ar Que Ele Respira – Elementos #01 – Lançado em 2016
  • The Fire Between High & Lo – Elementos #02 – Não há previsão de lançamento no Brasil

Onde Comprar

O livro é uma cortesia da Editora Grupo Editorial Record. A resenha realizada aponta os pontos positivos eou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

5 Comments

  1. Letícia Cabral 23 de setembro de 2016 at 19:31 - Reply

    Li e resenhei esse livro recentemente, a d o r e i! Super recomendo também, queria um Tristan pra mim, rsrsrs. Gostei bastante da escrita da autora e do enredo do livro, a única coisa que me incomodou foi as atitudes um tanto forçada da amiga lá a Faye, gente do céu, que babacona, rsrsrs, não gostei da construção dessa personagem, acho que a autora queria criar uma personagem tipo “fodona”, mas acabou fazendo dela uma babaca… O pior foi quando ela resolve se vingar lá do ex, gente, quem faz uma coisa daquela? rs. Mas enfim, gostei muito do livro e não sentia vontade de largar, e vez ou outra me pego pensando sobre. E fiquei muito feliz em saber que vai ser uma série, mesmo com casais diferentes estou ansiosa para ler os próximos. Beijo e adorei sua resenha!

    https://sobrelivroseliteratura.blogspot.com.br/

  2. Rita de cassia 14 de agosto de 2016 at 16:13 - Reply

    se vc gosta de serie policial vai gostar da serie :MORTAL da AUTORA NORA ROBERT.

    • Nathalia Garcia 18 de agosto de 2016 at 11:16 - Reply

      Ola Rita, essa é a minha série favorita de todos os tempos rs. A Nora é muito diva

  3. Vera 4 de agosto de 2016 at 23:09 - Reply

    Um dos melhores romances que li! Agradeço a indicação, sem a sua resenha não teria conhecido esta maravilhosa história!
    Sou fã de romances hot, mas já estava enjoada das mesmas histórias; mocinha inocente, milionário arrogante… etc etc
    Sobre a autora, já conhecia o Sr. Daniels, mas ela se superou com esta nova obra!

    • Nathalia Garcia 18 de agosto de 2016 at 11:18 - Reply

      Ola Vera,

      Fico feliz em saber que gostou do livro. Ele é realmente muito bom. Também não aguentava mais sobre essa coisa do mocinho rico morrendo de amores pela a mocinha sem graça. Um tanto irritante. Eu gostei de Sr. Daniels, mas esse livro concordo com você ela se superou. Foi incrivel a leitura. Já quero outros nesse mesmo estilo.

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)