Quando o Amor Bater À Sua Porta – Samanta Holtz – #Resenha

Home/Livros/Resenhas/Quando o Amor Bater À Sua Porta – Samanta Holtz – #Resenha

Sinopse: Malu Rocha é uma escritora de 29 anos independente, confiante e bem-sucedida. Mora sozinha em São José dos Pinhais, perto de Curitiba, onde mantém uma rotina regrada de pedalar todas as manhãs, escrever e, semanalmente, visitar o avô de 98 anos em uma casa de repouso.

Porém sua vida toda controlada sai do eixo quando um homem bate à sua porta e se apresenta como Luiz Otávio Veronezzi, dizendo ter perdido uma reunião marcada com ela. Malu não se lembra do compromisso e sua primeira reação é dispensá-lo. Mas o belo desconhecido insiste, explicando que sofreu um acidente de carro, ficou em coma e perdeu a memória, assim como seus documentos. As únicas coisas que restaram foram um pouco de dinheiro e um papel com o nome e o endereço de Malu, o nome dele e a data da reunião. Luiz confessa que a escritora era sua última esperança para descobrir a própria identidade.

O problema é que ela não tem a menor ideia de quem ele seja. Desconfiada, mas sentindo-se responsável pelo acontecido, Malu decide ajudá-lo e embarca em uma jornada para descobrir quem ele é – o que acaba trazendo à tona muitos fatos sobre si mesma, seus medos e segredos mais bem guardados, além de um passado que preferia esquecer. A bela narrativa e a trama que prende do começo ao fim nos convidam a acompanhar Malu e Luiz nessa busca que se transforma em uma história de amor de tirar o fôlego. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

Quando o Amor Bater À Sua Porta - Samanta Holtz - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: Quando o Amor Bater À Sua Porta – Skoob

Titulo Original: Quando o Amor Bater À Sua Porta – Goodreads

Autora(s): Samanta Holtz

Tradução: Livro Nacional

Editora: Arqueiro

Ano: 2016

ISBN: 978-85-8041-597-1

Série: Beautiful Bastard | Volume: 4.5

Número de páginas: 301

Sobre a Autora

Quando o Amor Bater À Sua Porta - Samanta Holtz - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMSamanta Holtz nasceu em 1987, no Dia Mundial do Livro, 23 de abril. Publicitária de formação, aprendeu a ler sozinha aos 5 anos, pois era enorme sua vontade de entender as histórias que a mãe lia para ela. Aos 9, ganhou o primeiro prêmio por escrever, ao vencer o concurso de redação de sua cidade, Porto Feliz, no interior de São Paulo. Sua primeira publicação aconteceu em 2012, com o romance de época O pássaro (NovoSéculo), vencedor dos prêmios de votação de público e júri técnico no concurso Destaques Literários 2012, promovido pelos blogueiros literários brasileiros.

Em 2013 publicou Quero ser Beth Levitt e, em 2014, Renascer de um outono (ambos pela Novo Século). Em 2014, recebeu o Prêmio Anita Garibaldi, com a nomeação de Escritora Humanitária. É colunista das revistas Terraço e Zero15, de sua cidade, colaboradora do site Novos Escritores e tem um fã-clube, o Loucos por Samanta Holtz. Estreia agora na Editora Arqueiro com o apaixonante romance Quando o amor bater à sua porta.

Opinião da Nathy

Apesar de ter todos os livros da Samanta na estante. Quando o amor bater à sua porta é o meu primeiro contato com a escrita dela. Depois de ver a capa estava muito empolgada pelo livro. Aliás, todos os livros dela têm capaz lindas. Eu fico impressionada com o trabalho das editoras. Enfim, estava com as expectativas muito alta. Sempre leio coisas boas sobre seus livros. E tinha uma imensa vontade de conferir o problema estava no tempo. Comecei a leitura bem animada. No entanto, algumas coisas me fizeram distanciar um pouco dos personagens. Porém, o livro conseguiu me cativar. Tudo foi bem escrito e desenvolvido. O que me fez querer mais ainda ler os outros livros dela.

Quando o amor bater à sua porta conta a história de Malu Rocha e Luiz Otávio. Ela é uma escritora muito famosa. Está quase finalizando seu último livro. Porém, está encontrando dificuldade para o final de seus personagens. Algo que lhe agrade e também aos seus leitores. Quando está nesse processo de escrita não gosta de ser interrompida. Ainda mais quando um completo estranho aparece na sua porta afirmando que é a solução de seus problemas. Luiz não sabe quem é e o que faz de sua vida. A única coisa que sabe era que tinha um compromisso com Malu. Isso até sofrer um acidente e perder sua memória. Agora depende completamente da bondade da mulher. O que fazer quando o coração parece falar mais alto do que a razão? Malu aos poucos vai aprendendo que nem tudo é preto e branco na vida. Que ela precisa de cores para ser mais feliz.

A narrativa é em terceira pessoa. Porém, o foco fica completamente em Malu. Em poucos momentos muda o foco para Luiz Otávio. Gosto quando tenho a compreensão dos personagens. Fica mais fácil para me apegar. Gostei muito do modo da Samanta. Meu único problema é que em alguns momentos foi muito detalhista. E acabou tornando a história um pouco cansativa. Porém, tudo ocorre no momento certo. Não tem pressa para o envolvimento dos personagens. Tudo é muito bem construído e trabalhado.

Malu fitou os olhos claros que a encaravam e, quando notou, os seus estavam cheios de água.

Logo no começo não gostei da Malu Rocha. Uma mulher tinha tudo para ser uma excelente mocinha. E mesmo me dando todos os motivos do mundo. Não conseguia gostar dela. Conseguia entender os seus comportamentos. Porque tratava as pessoas daquela forma. Chegando ao ponto de ser muito grossa. Ninguém tinha que aguentar esse seu temperamento. Passou por muitas coisas em sua vida. Mas, nem por isso podia agir daquele jeito. Como se tudo a deixasse irritada e entediada. Como se apenas a sua escrita importasse. E nada do que as outras pessoas fizessem a agradava.

Agora a Maria Luiza Rosa é um amor. Uma mulher muito forte e determinada. Consegue sonhar e abrir seu coração para o amor. Sente a necessidade da outra pessoa e não lhe nega ajuda. Mesmo sendo uma sonhadora também conhece seus limites. Em alguns momentos foi bem ingênua. Precisando de alguém ao seu lado falando que estava fazendo algo de muito errado. Porém, foi muito melhor do que a Malu Rocha. Ela consegue ultrapassar as barreiras de seu coração. E não deixa que uma decepção no amor a feche para sempre. Consegue lidar com seus problemas de frente. Uma mulher forte e apaixonada.

Diga aos leitores que o que Malu Rocha pensa sobre o amor está nas páginas dos livros dela. É ali que o amor existe.

Gostei muito do Luiz Otávio. Mesmo já entendendo qual seria o seu desfecho. Nas duas questões apontadas. Mesmo que fosse previsível foi muito bom de ler. Ele tem aquele ar de mocinho um pouco mais realista. Mesmo que tenha perdido a memória e pense apenas em ficar ao lado de Malu. Ele é um homem que não mede esforços para seguir com a sua vida. Ainda que tenha uma dificuldade muito grande não ficou em um canto chorando. Ergueu a sua cabeça e lutou pela a sua vida. Pela a sua identidade. Um mocinho muito apaixonante. E acho que apenas não torci por ele e pela a Malu por culpa dela mesmo. Porque ele foi maravilhoso do começo até o final.

O romance dos dois é muito bem elaborado. Nada acontece da noite para o dia. Na verdade inicia como uma amizade. Malu sendo uma mulher disposta a ajudar um homem. Alguém que perdeu toda a sua vida. Mas, logo ambos começam a desenvolver sentimentos mais fortes. Não se enxergam mais como “amigos”. Os sentimentos vão se tornando mais fortes. E nossa a Samanta tem um modo de escrever que torna tudo romântico. Até uma cena de beijo você sente aquele frio na barriga. De tanto amor e carinho visto nessas páginas. Eu fiquei encantada. E apenas não torci mais por causa da Malu mesmo.

Tiveram dois personagens que merecem um destaque. O avô fofo da Malu e a Rebecca. Ele é um homem de 98 anos e vive no passado. Tudo o que mais deseja é ver a sua neta feliz. Ao lado de um homem que a ame de verdade. Alguém que ele sabe que não a fará sofrer. Tem um amor tão grande entre os dois. Que me fez lembrar muito do meu avô e da falta que sinto dele. Esse tipo de história sempre mexe mais comigo. Já a Rebecca é uma menina tentando sua sobrevivência. Ela é a assessora da Malu, porém é bem perdida. Gostei que aos poucos foi mostrando um novo lado. Uma pessoa mais madura que entende das suas responsabilidades na vida da escritora. Fiquei muito impressionada com a sua evolução e queria que tivesse um pouco mais de espaço.

Meu Deus, Rebecca! Você anda acelerada demais…

Quem acompanha os trabalhos da autora não pode deixar de conferir mais esse livro. Agora para quem ainda não leu nada. Do mesmo jeito que ocorreu comigo. Eu acho que esse é um ótimo modo de conhecê-la. Ainda mais se gosta tanto de romance.

Quote Favorito

Quando o Amor Bater À Sua Porta - Samanta Holtz - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Como disse na resenha eu acho essa capa muito linda. A porta azul no fundo. Junto com as rosas e o nome do livro em uma espécie de placa. Ficou muito encantador, leve e romântico. As cores conseguiram ter uma harmonia muito boa. Tudo acaba tendo destaque. Sem roubar a cena para si. Gosto quando tem personagens na capa. Nesse caso, ficou perfeita desse jeito. Não tinha como combinar mais.

Quando o Amor Bater À Sua Porta - Samanta Holtz - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação também está linda. Cada capítulo inicia em uma página. Tem uma arte no começo de cada capítulo. Quando ocorre mudanças de cenas dento do mesmo tem outra arte muito linda. Uma chave para abrir um coração trancado. As páginas são amarelas e grossas.

Nota da Nathy

Quando o Amor Bater À Sua Porta - Samanta Holtz - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Quando o Amor Bater À Sua Porta - Samanta Holtz - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Quando o Amor Bater À Sua Porta - Samanta Holtz - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Quando o Amor Bater À Sua Porta - Samanta Holtz - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Quando o Amor Bater À Sua Porta - Samanta Holtz - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Onde Comprar

O livro é uma cortesia da Editora Arqueiro. A resenha realizada aponta os pontos positivos eou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

2 Comments

  1. Francisca Elizabete 25 de dezembro de 2016 at 00:48 - Reply

    Que história diferente!! Fiquei intrigada para ler!! Quero descobrir por que Luiz Otávio Veronezzi estava com um papel escrito o nome dele e o de Malu!! Quais serão as descobertas que ambos irão fazer? Acho que eles tem um passado interligado!! Será que este será o grande amor da vida de Malu? É, parece que o nome do livro faz jus à história!! A Samantha Holtz escreve muito bem e capa está linda demais!! Já quero ler!!

  2. mgrezender 19 de dezembro de 2016 at 16:54 - Reply

    Começo pela capa que acho lindíssima. A história já me cativou logo na sinopse e fiquei super curiosa para saber o desenrolar da mesma. Acho que já li um livro apenas dessa autora, mas esse, em especial, me chamou muito a atenção. Amei sua resenha.
    Maristela Rezende

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)