A Chave de Bronze – Holly Black e Cassandra Clare – #Resenha

Home/Livros/Resenhas/A Chave de Bronze – Holly Black e Cassandra Clare – #Resenha

Sinopse: Call, Tamara e Aaron deveriam estar preocupados com coisas normais na vida de jovens aprendizes de mago. Ao invés disso, depois da assustadora morte de um de seus colegas de classe, eles devem rastrear um terrível assassino… e arriscar suas próprias vidas no processo. O trio terá que usar toda sua força e magia para combater o mal que está escondido no Magisterium. Mas, dessa vez, o Caos irá revidar.

Ficha Técnica

A Chave de Bronze - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: A Chave de Bronze – Skoob

Titulo Original: The Bronze KeyGoodreads

Autora: Holly Black e Cassandra Clare

Tradução: Rita Sussekind

Editora: Galera Júnior (Galera Record)

Ano: 2016

ISBN: 978-85-01-07736-3

Série: Magisterium

Volume: 03

Número de páginas: 269

Sobre a Autora

A Chave de Bronze - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Chave de Bronze - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Holly Black é uma escritora norte-americana que mora em West Long Beach, New Jersey. Ela ficou mundialmente famosa após escrever a série de livros As Crônicas de Spiderwick. Holly Black é uma grande colecionadora de livros raros de folclore. Em seus primeiros anos de vida ela morou em uma mansão abandonada em estilo vitoriano com sua mãe, que contava a ela várias estórias de fantasmas e fadas. Seu primeiro livro, Tithe: A Modern Faerie Tale, foi muito bem recebido pela crítica e foi publicado no outono de 2002. A escritora só viria a ficar famosa um pouco mais tarde, com o lançamento do livro As Crônicas de Spiderwick: O Guia de Campo, primeiro livro da série As Crônicas de Spiderwick.

Cassandra Clare nasceu em uma família americana no Teerã, Irã e passou grande parte de sua infância viajando pelo mundo com sua família, incluindo uma caminhada pelo Himalaia quando criança, que foi quando ela passou um mês vivendo na mochila de seu pai. Antes dos seus dez anos de idade ela morou na França, Inglaterra e Suíça. O fato de que sua família se mudava muito, ela encontrou familiaridade nos livros e estava sempre com um livro debaixo do braço. Ela passou seus anos de escola em Los Angeles, onde ela costumava escrever histórias para divertir seus colegas, incluindo um romance épico chamado “The Beautiful Cassandra”, baseado na homônima história de Jane Austen. Após a faculdade, Cassie viveu em Los Angeles e Nova York, onde trabalhou em várias revistas de entretenimento e até mesmo em alguns tablóides bastante suspeitos, onde ela relatou sobre a viagem ao mundo de Brad e Angelina e as avarias do guarda-roupa de Britney Spears. Ela começou a trabalhar no seu romance YA, Cidade dos Ossos, em 2004, inspirada na paisagem urbana de Manhattan, sua cidade favorita. Ela dedicou-se em tempo integral em sua ficção fantasia.

Opinião da Nathy

Sabe aquele livro que você necessita da continuação? Que a série está tão boa que não pode ficar sem conferir. É isso que acontece com Magisteruim. Cada livro as autoras se superam. Mas, fico com medo de como essa série pode terminar. Porque nesse livro já teve um momento muito tenso. Eu fiquei em choque porque não estava esperando por algo nesse estilo. Tenho a impressão que elas estão escrevendo da forma com a qual gostariam que tivesse sido Harry Potter. Não que tenha muitas coisas iguais. No entanto, eu não consigo não pensar cada vez que algo aparece no caminho. A ideia é original e muito boa.

Magisterium A Chave de Bronze continua a história dos três amigos Callum, Tamara e Aaron. Eles estão indo para uma nova etapa em suas vidas. Um novo ano na escola que promete ser ainda mais intenso. Isso porque na noite em que Callum e Aaron são homenageados ocorre um crime. Alguém é assassinado deixando o conselho em alerta. A proteção dos meninos é o mais importante. Por isso a escola passa a ter uma proteção maior. O problema é que não se pode confiar em ninguém. Uma vez que os seguidores do Inimigo da Morte continuam querendo seu mestre de volta. A situação parece ficar mais complicada quando novamente tentam matar Callum. Seus amigos não vão descansar até descobrir quem está por trás dos ataques. O problema é que a consequência de seus atos pode ser mais do que podem suportar.

A narrativa é em terceira pessoa. Apesar do foco ficar em Callum e em seus amigos. O leitor não perde nenhum momento da história. Tudo fica muito mais intenso. Porque não consegue confiar em ninguém. Todos parecem suspeitos. Até mesmo os amigos. Gosto do modo de escrita das duas autoras. E até mesmo fico com vontade de ler a outra série da Cassandra Clare. Apesar de não gostar muito dessa coisa de demônios. Não é o tipo de leitura que me agrade muito. Mas, o modo que as duas escrevem me faz ter vontade de ler tudo delas. Inclusive já quero o próximo volume dessa série que é muito boa.

Desde que Mestre Joseph não voltasse. Desde que realmente não houvesse nada de errado com sua alma.

O Callum continua sendo um personagem muito bom. Tudo o que quer é ver seus amigos bem. Não hesita diante do perigo. Se tiver que morrer para que eles fiquem é isso que irá fazer. Gosto de sua força e coragem. Nos anteriores parecia não se importar muito com romance e tudo mais. Mesmo porque estava focado em não se tornar o Inimigo da Morte. Agora nesse livro parece que seu coração está ficando balançado. E posso dizer que gostei muito do que elas fizeram. Tornou tudo mais real. Ele continua não querendo se tornar algo de ruim. No entanto, parece que cada uma de suas atitudes está o levando direto para esse caminho.

Nos livros anteriores eu até gostava do Aaron. Ele era alguém tentando encontrar seu lugar no mundo. Porém, sabe aquele personagem perfeito demais? Não gosto quando eles são desse jeito porque me faz desconfiar demais. Isso que aconteceu nesse livro. Sabia que era amigo do Callum e nunca iria prejudicá-lo. No entanto, tinha aquela dúvida se em algum momento não iria se voltar contra o amigo. Porque sempre tem dessas nos livros. A pessoa fica com inveja e acaba virando as costas. Por isso não conseguia gostar completamente dele. Sem contar que parecia que todo mundo ficava do seu lado. Sorrindo e querendo ser seu amigo. A forma como era descrito parecia alguém perfeito.

Já a Tamara continua sendo a menina esperta e forte do livro. Ela está querendo proteger seus amigos. Quer tomar alguma atitude. Mas, nunca faz algo no improviso. Aliás, até faz. Mas, não é a sua ideia. Apenas quer ficar ao lado de seus amigos. Nesse livro eu achei que estava um pouco mais determinada. Podendo até ir para o lado errado. Confiando em quem não deveria. Tudo bem que teve atitudes bem ingênuas. Mas, os meninos foram muito mais. Ela tem crescido bastante como personagem. E espero que tenha um romance em breve a envolvendo. Porque a menina é muito fofa.

Você não entende? Isso não importa. Ela sempre vai preferir o Aaron

Quem quase não apareceu no livro foi a Célia. Estava querendo ver a continuação do romance dela com o Callum. Mas, parece que as autoras resolveram tomar um novo rumo. Muito melhor por sinal. Porque a menina parecia um pouco perdida na história. Mas, como disse acima não confio em ninguém. Pode ser que nos próximos livros volte e seja a maior vilã de todas. Nunca se sabe o que as autoras estão pretendendo na trama. Ainda mais quando uma personagem age como se fosse muito ingênua.

O Jasper apareceu, mas quase não ficava com o seu grupo. E ainda nem estava tão engraçado como nos outros. Ou implicando com o Callum. Pelo contrário, eu achei que os dois de algum jeito ficaram mais próximos. Prefiro quando ele ajuda o pessoal. Quando enfrenta o perigo e não fica apenas jogando conversa fora. Ele parece ser um pouco medroso. Como se o perigo de verdade fosse aparecer ele não ia conseguir enfrentar.

Quem eu não consegui confiar em nenhum momento foi a Anastasia. Ela faz parte da Assembleia. Mas, a mulher tem aquele ar superior e de que sabe de muito mais do que está dizendo. Fiquei pensando que talvez pudesse querer acabar com a vida dos meninos. No entanto, depois parecia que os estava protegendo dos perigos. Tipo o Snape com o Harry. Porém, mesmo com ela fazendo todas as coisas não confiava na mulher. Ela parecia ter algum objetivo maior por trás disso tudo.

Ela está atraindo Jasper para as suas garras.

Fãs de Cassandra Clare não pode perder essa série. E quem gosta de fantasia também é uma excelente pedida. Sabe aquele livro que você acabou de ler, mas já sente vontade de começar de novo? É essa série. Cada vez que termino um livro fico querendo o próximo. E enquanto não tenho fico relendo. Mesmo que não tenha mais aquela surpresa.

Quote Favorito

A Chave de Bronze - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Eu simplesmente sou louca pelas capas dessa série. Uma mais bonita que a outra. Dessa vez tem uma cobra de fundo em cores bem vivas. Apesar da capa ser sombria. Tudo consegue ter um destaque excelente. Chama muita atenção. Dessa vez a Tamara é quem está no centro. E é uma chave dividindo o nome das autoras. Ficou sensacional. Espero que continue linda desse jeito até o final da série.

A Chave de Bronze - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação também é linda e segue o padrão dos volumes anteriores. Com cada capítulo iniciando em uma nova página. Tendo um desenho no começo de cada um deles. Também tendo uma arte quando ocorre mudanças de cenas dentro do mesmo capítulo. As páginas são amarelas e grossas.

Nota da Nathy

A Chave de Bronze - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Chave de Bronze - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Chave de Bronze - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Chave de Bronze - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Chave de Bronze - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

“O livro é uma cortesia da Editora Galera Record. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)